Pesquisar este blog

Seja bem vindo(a) ao Blog da Vanyr Carlla

A arte está em nós, devemos apenas deixá-la livre pra poder se expressar de alguma forma: escrevendo, pintando, desenhando, cantando, fotografando e até mesmo sonhando... ou seja, do jeito que tem que ser!















Loading...

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Uma Curiosidade -Busca ao Significado de "Vanyr" e "Carla'



Busco o porquê de muitas coisas e assuntos, e deparei-me com uma icógnita: meu primeiro nome, praticamente não encontrei nos sites de significados dos nomes, então fui em busca de histórias, lendas e mitologias em que o envolvia. E na junção do primeiro ao segundo, uma justaposição que demanda mais significados, e achei interessante buscar e deixar gravado aqui no meu blog, juntos e separados - Vanyr Carla ( O que não significa minha total personalidade), são apenas curiosidades a respeito do significado do meu nome.

Então vamos a uma viagem a um reino passado, a personagens da "mitologia nórdica": 


Significado do nome Vanyr – variante de Vanir de origem nórdica: Clã de Deuses virtuosos doadores de prosperidade, abundância, fertilidade, paz e alegria.

São Deuses da fertilidade e da prosperidade.
Na mitologia nórdica, Vanaheim é o repouso dos Vanir, este mundo estaria situado em Asgard, no nível mais elevado do universo. Vanir, um dos clãs de divindades de Asgard (é o reino dos deuses na mitologia nórdica, mundo separado do reino dos mortais).  Os Vanir eram, geralmente, os deuses mais benevolentes, relacionados à agricultura e à natureza. O clã Vanir (cujos deuses são mais relacionados principalmente com a natureza , a fertilidade e a fecundidade,  e de comportamento pacífico e calmo) pode ter se originado primeiramente na mitologia. São Deuses doadores de alegria e prosperidade. Vanaheim é considerado um dos Nove Mundos da Mitologia Nórdica por causa de sua menção no Alvíssmál e também porque é considerado o lugar de nascimento de Njord, para onde o deus retornará durante o Ragnarok. Isto parece implicar que o Vanaheim não será afetado pelo Ragnarök (nórdico antigo "destino final dos deuses"). A reconstrução contemporânea da religião nórdica mais focada nos Vanir os nomeia, às vezes, como Vanatrú. 
                                              Abaixo, árvore do reino nórdico, Yggdrasil: 

Valknut, o símbolo de Valhala, são três triângulos juntos com nove pontas que representam as nove virtudes; Honra, Disciplina, Hospitalidade, Coragem, Fidelidade, Verdade, Perseverança, Auto-Confiança e Dedicação, nove é o numero de mundos existentes. É chamado de Nó dos Enforcados ou Nó dos Escolhidos, têm como significado a morte e seus mistérios, pode ser chamado também de Coração de Hrungnir, de acordo com uma descrição encontrada na Edda em prosa: “Hrungnir tinha um coração que era famoso. Era feito de pedra dura com três cantos pontiagudos assim como o símbolo esculpido Coração de Hrungnir.” O significado original do Valknut não é totalmente conhecido. Sabe-se, porém que é um símbolo pagão e que as nove pontas simbolizam os nove mundos de Yggdrasil.

 O Eddas, Edas ou simplesmente Edda, é o nome dado ao conjunto de textos encontrados na Islândia (originalmente em verso) e que permitiram iniciar o estudo e a compilação das histórias referentes aos personagens da mitologia nórdica, identifica uma possível inter-relação entre os Vanir e os elfos (Alfes), frequentemente intercambiando o Æsir e os Vanir e o Æsir e os Alfes para significar "todos os deuses". Como os Vanir e os Alfes representavam os deuses da fertilidade, o intercâmbio entre os dois nomes sugere que os Vanir e os elfos podem ter sido utilizados como sinônimos. É também possível que os dois nomes reflitam uma diferença no status do panteão, onde os elfos eram considerados deuses menores da fertilidade, visto que o clã das divindandes de Vanir eram os deuses principais da fertilidade. Frey seria, neste caso, um comandante dos Vanir sobre os elfos em Álfheim.
 Frey, Freya e Njord são considerados os três principais deuses Vanir

Njord -Deus do Mar e das Tempestades

É o Deus do mar e o protector dos marinheiros e dos pescadores. Representação paterna do clã dos Vanir, ele é o concessor das riquezas e um corajoso guerreiro. Casado com a Deusa Skadi, pai de Freya e Frey, era capaz de prover àqueles que caiam em suas graças a paz, a prosperidade e tesouros escondidos em seus domínios. Ao contrário dos outros deuses, ele habitava as profundezas do mar. Dia da semana, sexta-feira; a cor, azul-claro; sua pedra, o coral.

Frey - Deus da Paz


Fertilidade e prosperidade material. O irmão de Freyja é o deus da abundância. Decide quando a chuva cai, dá fartura aos frutos da terra, e é invocado na paz e na prosperidade. Possui um barco capaz de carregar todos os deuses. Era um dos deuses mais celebrados, responsável pela chuva, pelo brilho do sol e por todos os frutos da terra, é o patrono da fertilidade, o soberano do reino dos duendes responsáveis pelo crescimento da vegetação.
Filho de Njord e irmão de Freya, este deus é do Clã dos Vanir.
De temperamento pacífico, era amplamente cultuado pelos nórdicos, principalmente na Suécia. Seu dia é domingo; sua cor,é o verde; sua pedra, a esmeralda. Era o senhor dos raios solares, da chuva e das riquezas.
Ele é um Deus Vanir, mas vive com os Aesir para assegurar o tratado de paz. Era o Deus cultuado pelos camponeses e fazendeiros, que lhe faziam oferendas para que a fertilidade da Terra fosse mantida durante o ano. A palavra Frey significa Senhor, por isso não se tem certeza se era o nome do Deus ou era um titulo, também era conhecido como Ing ou Ingvi, por isso alguns o chamam de Frey Ingvi. Símbolos: a espada e o javali.

Freya - Deusa do Amor da Beleza e da Sexualidade


Filha de Njord, o deus dos mares , Freya é a deusa do amor, da sexualidade e da paixão. A lenda diz que ela foi entregue por Odin aos gigantes Fafner e Fasolt como garantia pelo pagamento da construção do Valhalla.
Com o nome de Valfreya comandava as Valquírias nos campos de batalha, reclamando para si, metade dos heróis mortos. Era representada portando escudo e lança, estando somente a metade inferior de seu corpo vestida com o atavio solto habitual das mulheres.

Muito embora, Fréya seja regente da morte, Rainha das Valquírias, as condutoras das almas dos mortos em combate, ela não era uma Deusa atemorizadora, pois sua essência era o poder do amor e da sexualidade, embelezando e enriquecendo a vida. Ela era ainda, a única que cultivava as maçãs douradas de que se alimentavam os deuses lhes conferindo a graça da juventude eterna.
Como acreditava-se que Fréya escutava a oração dos apaixonados, esses sempre a invocavam e era costume compor canções de amor em sua honra, as quais eram cantadas em ocasiões festivas. Na Alemanha, seu nome era usado com o significado do verbo "cortejar".
Este aspecto da Deusa, também conhecida como líder das Valquírias, a conecta à Lua Nova.  A magia de Freya era xamanística por natureza, como indica seu vestido ou manto de pele de falcão, que permitia que se transformasse em um pássaro, viajasse para qualquer dos mundos e retornasse com profecias.
Sua beleza atraiu muitos inimigos ao Asgard.
Em muitos lugares da Escandinávia, Freya é mais popular que a esposa de Odin, Frigga.
Esta Deusa era também, protetora do matrimônio e dos recém-nascidos.
Os nórdicos não só invocavam Fréya para obter êxito no amor, prosperidade e crescimento, mas sim também, em certas ocasiões, para obter ajuda e proteção.
Símbolos: a lança e os gatos.

Juntando a trindade desses Deuses, ao clã (Vanir) que pertencem, unirem os ao que se pode dizer do sentido global que representam na mitologia nórdica/germânica: guerreiros provedores de paz, prosperidade, fertilidade, riquezas e tesouros materiais, , beleza, amor e sexualidade.

Perfil pessoal - Primeira Letra do Nome: V

Possui uma lucidez incomum, especialmente no que se refere julgar o mundo e as pessoas. Sempre abre a boca para dizer a coisa certa. O problema é que não vive com os pés chão, e desliga sua atenção com uma rapidez incrível. As vezes isso da a impressão de não estar nem ai para o que acontece a sua volta. Liberdade, é uma coisa muito importante para você e, e por esta razão prefere resolver sozinho seus problemas sem pedir ajuda ou conselhos a quem quer que seja. Não gosta nem de dar nem de receber ordens. E precisa aprender a controlar a teimosia.


Significado do nome Carla: origem latim:  AQUELA QUE É FORTE, PODEROSA.
Significa fazendeira e indica alguém que, pela aguçada capacidade de observação, consegue descobrir até o lado oculto das outras pessoas. Mas nunca usa esse dom de forma inescrupulosa. Age sempre com polidez e expões suas idéias sem ser autoritária.Com uma auto-confiança que beira a arrogância a pessoa de personalidade 8 não costuma decepcionar os amigos. Muito disciplinado, sua aparência transmite sucesso e prestígio, que vêm graças ao grande espírito de competição e capacidade de liderança. Adora desafios e por isso é fascinado por relações complicadas. No trabalho critica quando acha necessário e elogia na mesma moeda. É sexualmente  segura de si.
O nome Carla indica pessoa extrovertida, dinâmica, que gosta de se divertir, pois para si a vida deve ser vivida com intensidade. Gosta de conviver, de preferência com amigos e não consegue imaginar a vida sem eles. É uma pessoa que adora a natureza e prefere passear do que estar no aconchego do lar. É inteligente, ativa e trabalhadora. O seu charme não passa despercebido e provoca furor onde passa.

Pontos positivos

Liderança, Poder, Organização, Perseverança, Auto-confiança

Pontos negativos

Ganância, Autoritarismo, Teimosia, Impaciência, Intolerância


Perfil Pessoal - Primeira letra do nome: C.
Pessoa charmosa, amável e expressiva, muito criativa e um tanto curiosa.
Tem certa dificuldade na concentração e como gosta de compartilhar tudo com os outros é o tipo de pessoa que não consegue guardar suas idéias só para si.
Sempre de bom astral, é daquelas que adora festa.
Só tem um problema em fantasiar demais a realidade, exagerando na dose e não conseguindo controlar sua mania de falar.
Pode criar a imagem de fofoqueiro.


Conclusão: tudo à nossa volta há os significados positivos e negativos, então busco pra mim, incluo em mim os melhores e deixo o lado negativo numa dimensão distante da qual estou.

Numa intensidade abrilhantada, posso retirar do pouco que uni aqui o significado do nome composto "Vanyr Carla", incluindo parte da personalidade, não na totalidade do meu Eu, mas um pouco do que percebi ser verdadeiro e que correspondia com a minha pessoa.

Vanyr Carla  = Guerreira em busca da paz universal, pessoa forte e persistente diante daquilo que almeja. Possui um poder de persuasão bem aguçado, é auto-confiante e adora a liberdade em todas as formas.

É as vezes bem desligada do mundo real e ama de paixão o mundo intangível, o espiritual; sempre em busca constante do crescimento pessoal e espiritual. Como Freyja, possui em sua essência o poder do amor e da sexualidade, embelezando e enriquecendo a vida, sempre com seu charme em evidência, não deixando ficar despercebida.

 Não desanima ao primeiro sopro de derrota, é sempre próspera naquilo que conduz, e toda lágrima caída vira ouro, é autêntica guerreira. Virtuosa nas atitudes com todos, é sempre sabedora do amor e o dissimina tão rápido como fogo que arde  e queima nos corações apaixonados. É forte e poderosa, é uma divindade aparente! Não gosta nem de dar nem de receber ordens, pois preza a liberdade com igualdade. Como Njord, habita as profundezas do oceano, é o lugar mais profundo da consciência do ser, o subconsciente na verdade.Como Frey, possui temperamento pacífico e busca sempre manter a paz com sabedoria e magnificência. Mas vive em constante turbulência , entre a emoção e a razão, já que adora o irreal, mas tem sempre que voltar para a realidade material do ser humano.

Adora diversão e festas, muito sociável e sempre amável com aqueles que respeitam sua individualidade, e intolerante com aqueles que fazem o contrário; e esta intolerância é correspondida não de uma forma agressiva e com brutalidades, mas com as retaliações de distanciamento, desprezo e silêncio que é sempre uma boa forma de resposta à maioria de desrespeitos com a nossa individualidade.

Pode parecer antipática, metida mas não passa de pura indução da primeira vista de quem não conhece, mas existem seres que sempre nos repelem, e isto é normal, pois não temos as mesmas vibrações. As buscas pelo crescimento são diferenciadas, e o respeito é fundamental.

Adora a natureza, o silêncio, a liberdade de caminhar; não gosta de prisão de nenhum gênero, sente-se sufocada. Nos relacionamentos parece ciumenta, mas nada mais é do que cuidar daquilo que está ali juntinho, visto que ao menor sinal de rejeição não corre atrás daquele que não a deseja por perto; repelir é recíproco e cuidar também é, possui uma intuição aguçada, parecendo um radar ambulante, sensível demais. A sensualidade é seu encanto, é como música que canta e encanta aos ouvidos mais sensíveis, uma poesia de amor e vitalidade. Possui a flexibilidade entranhada em suas veias, corre e empossa como água, e também fervilha como fogo.

A magia das plantas, dos ceús e do mar encantam e alentam seu jeito meigo de sonhar, sempre cultivando e cavucando abundância e prosperidade, pois entende que o universo está pra todos e temos o direito de sermos prósperos em nossa totalidade.

 

Vanyr Carlla


Nenhum comentário:

Postar um comentário