Pesquisar este blog

Seja bem vindo(a) ao Blog da Vanyr Carlla

A arte está em nós, devemos apenas deixá-la livre pra poder se expressar de alguma forma: escrevendo, pintando, desenhando, cantando, fotografando e até mesmo sonhando... ou seja, do jeito que tem que ser!















Loading...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Um Brinde à Chegada de 2012


Querermos desejar a todos muitas felicidades neste ano que se aproxima e nos próximos que virão.
Que 2012 seja mesmo um ano de grandes acontecimentos e transformações internas dos seres humanos, creio que será de quem assim o desejar e sentir. 
Todo um leque de pedidos sejam realizados a todos nós pois somos merecedores. Muiiiitas realizações!  Vamos que vamos que mais a frente tem mais anos pra chegar. Feliz Ano Novo, Adeus Ano Velho que tudo se realize no ano que vai surgir, beijos! Até  o ano que vem. Tim tim...





Vanyr Carlla e família.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Mensagem Natalina




Não poderia de deixar passar em branco uma data muito importante, o Natal, onde comemoramos o nascimento de "JESUS". Viva ao nosso Mestre, Jesus! Viva... Eu o saúdo Mestre Jesus.

Quero desejar a todos os meus amigos e amigas Boas Festas, repletas de saúde, alegrias, bem estar, muita paz e deliciosas energias.


Agradeço a Deus por tudo conquistado, por tudo vivido tanto as alegrias quanto às tristezas, pois sei que sem os problemas, sem os desgastes não crescemos, e viemos pra crescer e não ficarmos estagnados. Gostamos de comprar, viajar, brincar, namorar, assistir a filmes e outras coisas, mas não podemos esquecer da nossa verdadeira estada aqui, a nossa evolução espiritual, portanto viva tudo com mais amor, perdão, harmonia no corpo e na mente e descarte de sua vida todos os sentimentos ruins.
É meu primeiro Natal sem a presença do meu papai, sentiremos imensamente por ele não estar mais aqui, mas ao mesmo tempo eu, mamãe, meu irmão e minhas irmãs agradecemos por termos tido a graça da presença dele por todos esses anos. Entendemos que esta viagem faz parte, e nunca rogamos a Deus para que não o levasse, mas que quando fosse chegado a hora que ele fosse na paz do Senhor, amém; e creio que assim foi feito. Obrigada Deus por tê-lo tido em minha vida! Essa saudade doi, mas eu compreendo.


FELIZ NATAL A TODOS, E UM BEIJO NO CORAÇÃO DE CADA UM QUE AQUI PASSAR.

Vanyr Carlla
vanyr_rabelo@hotmail.com


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Quando a noite cai

                                       
Ative o vídeo e leia o texto, o som da música ajuda a relaxar!
Boa leitura.

                                           Quando a noite cai         


         Os sentimentos são a forma mais precisa de detectarmos o que queremos conquistar, o que queremos vivenciar. É a partir deles que podemos nos conhecer melhor, e se conseguirmos uma certa empatia poderemos sentir o sentimento alheio, na verdade captar ondas de energias.
         Quando as pessoas se envolvem emocionalmente é muito importante haver empatia entre elas, pois é uma troca constante de afetos, e às vezes desafetos e devemos entender que o outro precisa sempre estar atento ao outro; o simples fato de estarem juntos já comunga para uma forma mais avançada de entendimento um para com o outro. A liberdade é uma forma de existência que todo ser humano quer, mas não podemos esquecer que vivemos em função de um todo, e não somente de nós, ao ponto que a sua liberdade não atinja de forma desumana o outro, com falta de respeito que parte de nós, e isso não é viver livre. Machucar quem amamos não é liberdade!
         O livre arbítrio é direito comum a todos, e quando tolimos este direito a outrem estamos cometendo uma infração nada incomum, e devemos atentar para nossas escolhas; se escolhemos estar em um lugar vamos estar sem machucar ninguém... isso é liberdade! É estar onde quer e como quiser, mas não agredindo os sentimentos e escolhas daqueles que escolhemos caminhar juntos.
         O melhores sentimentos são aqueles em que podemos sempre estar a postos para acolher, escolher é a própria liberdade! Voar sob as nuvens é estar pleno de si, sinta-se nas nuvens agora, perceba o quão leve você pode ser e sinta toda a energia divina que surge, os raios fluirão normalmente. Feche os olhos agora e sinta, vá e depois volte e continue. Imagine-se ouvindo uma música agradável, o toque suave de quem você ama, você pode sentir. E quando a noite cair, seu amor vai estar lá, cheio de amor e saudades de você! Todos podemos viver, sentir a plenitude de amar e ser amado.
         Uma noite vazia, fria é como se não pudéssemos ter a escolha de viver em plenitude, não viemos para estar sozinhos... eu quero sempre amor, quero sempre amar, por mais que eu possa me machucar, o verdadeiro amor atinge seu ápice quando estivermos libertos das amarguras dos sentimentos ruins, que maltratam todo o ser; sentimentos de julgamento que depois só traz impotências pra poder caminhar. As vezes que caio das nuvens percebo que devemos estar sempre atentos aos sentimentos, pois eles são traiçoeiros, nossa mente é traiçoeira e nos faz entrar em ciladas não desejáveis, mas que fazem parte deste lado sôfrego de nossa existência. A atenção, a vigília é a maneira mais eficiente que temos pra não cairmos das nuvens. Atente-se para o que estais a sentir, a pensar pra não se arrepender tardiamente. E quando a noite cair fria, poder estar ao lado de um calor, do fogo da paixão e de todo prazer que o amor proporciona. Que estejamos sempre conscientes dos nossos pensamentos e sentimentos! Que nossas atitudes possam ser as melhores, sempre. Eu prefiro me sentir assim!  Vanyr Carlla

Chegando em Campos do Jordão, com meu amor.
Vou estar sempre ao seu lado, my dear!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Quando o amor é banalizado


Um dia uma linda flor,

Carente de amor, procurou

Alguém que pudesse cuidar dela então

Alguém que lhe desse carinho, amor e atenção

Encontrou senão, um caloroso coração

Que lhe prometeu ofertar tais designações

Em troca de amor e todo carinho

Deixou ela tomar conta de si, ser a sua guardiã

Cuidar dele, sentir ele, dar carinho a ele

Ela com todo entusiasmo os fez com toda delicadeza

Esqueceu que no mundo existia o egoísmo, os enganos

As faltas de considerações, mas como podia?

Ela em sua pureza, nada disso sentia

Mas em sua alma florida pôde sentir

Todo aquele amor por água fluir

Viu em suas pétalas brotar gotas de dor

Até não poder mais, encher-se de tanto desamor

Um amor descumprido, descomprometido

A falta de atenção a levou então

Buscar o tão procurado amor, em outro coração

Ao perceber que a perdera
 
O coração amargurou, e se inundou na solidão

Gritou para o mundo: não quero viver sem meu amor

Aquela que um dia morou em mim, me deu toda atenção

O que farei sem minha flor? Perguntou aturdido, em seu desamor!

As águas de dores que brotaram da flor

Alagaram este coração perdido, descuidado e agora desiludido

Pôde então sentir a dor, daquela que um dia o inundou de amor! 


Cuide da sua flor enquanto ela vive e cuida do seu coração! Não seja 

egoísta, não engane quem lhe oferta amor...

Beijos

Vanyr Carlla - Poetisa